Contabilidade

TCU define regras de auditoria nas contas de 2015 da Administração Pública Federal

TCU define regras de auditoria nas contas de 2015 da Administração Pública Federal

O Tribunal de Contas da União (TCU) definiu as unidades da Administração Pública Federal (APF) cujos gestores terão as contas julgadas referentes aos atos de gestão do exercício 2015. As regras estão contidas na Decisão Normativa – TCU – Nº 147, de 11/11/2015 (DN 147/2015), que dispõe sobre a relação das unidades prestadoras de contas e especifica a forma, os prazos e os conteúdos para a elaboração das peças de responsabilidade dos órgãos de controle interno e das instâncias supervisoras que comporão os processos de contas. Em conformidade com Continue lendo

Auditoria Financeira como trabalho de asseguração das Demonstrações Contábeis

Auditoria Financeira como trabalho de asseguração das Demonstrações Contábeis

Auditoria Governamental: Auditoria Financeira (Contábil) A Auditoria Financeira ou auditoria das demonstrações contábeis, tem por objetivo aumentar o grau de confiança das informações prestadas pelas entidades, sejam elas públicas ou privadas. Esse grau de confiança é conferido pelo trabalho de asseguração, que consiste numa opinião emitida por auditor independente sobre se as demonstrações contábeis foram elaboradas, em todos os aspectos relevantes, em conformidade com uma estrutura de relatório financeiro. Os principais beneficiários do trabalho de asseguração são os usuários previstos, ou seja, instituições financeiras, acionistas, sociedade em Continue lendo

Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC): resolução de questão da Fundação Carlos Chagas (FCC) – Contabilidade Básica # Aula 2

Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC): resolução de questão da Fundação Carlos Chagas (FCC) – Contabilidade Básica # Aula 2

A Demonstração do Fluxo de Caixa (DFC) indica as saídas e entradas de dinheiro no caixa e equivalentes de caixa durante o exercício financeiro. A Demonstração dos Fluxos de Caixa é exigida pelo inciso IV, do art. 176 da Lei 6.404/76 (Lei 11.638/2007). Essa demonstração indicará as alterações ocorridas, durante o exercício, no saldo de caixa e equivalentes de caixa, segregando-se, no mínimo, em três fluxos: I – das operações II – dos financiamentos III – dos investimentos Na Videoaula 1  nós apresentamos os conceitos básicos Continue lendo