Renato Santos Chaves

Renato Santos Chaves.
Bacharel em Ciências Contábeis (UFPA); Bacharel em Direito (UFPI). Especialista em Auditoria Governamental; Especialista em Direito Constitucional e Controles da Administração Pública – Auditor Federal de Controle Externo do Tribunal de Contas da União.
Mestrando em Gestão Pública (UFPI).
Site: www.contas.cnt.br

Orçamento cidadão: o orçamento público de forma descomplicada

Orçamento cidadão: o orçamento público de forma descomplicada

Orçamento Cidadão 2019 – Orçamento Público de forma descomplicada – Secretaria de Orçamento Federal (SOF) O Orçamento Público é o instrumento de planejamento que estima as receitas que o Governo espera arrecadar ao longo do próximo ano e, com base nelas, autoriza um limite de gastos a ser realizado com tais recursos. Ao englobar receitas e despesas, o orçamento apresenta-se como peça fundamental para o equilíbrio das contas públicas e indica para a sociedade as prioridades definidas pelo Governo, como por exemplo: o gasto com educação Continue lendo

Aprovadas novas Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público (NBC TSP)

Aprovadas novas Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público (NBC TSP)

Ao todo são 11 Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público (NBC TSP) O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) publicou, em 31/10/2018, no Diário Oficial da União (DOU), 11 Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público (NBC TSP). Essas normas serão inseridas no Manual de Contabilidade Pública Aplicada ao Setor Público (MCASP), produzido pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN). As normas aprovadas são as seguintes: São 11 normas aprovadas pelo Plenário do CFC e publicadas no DOU de hoje (31) São elas: NBC Continue lendo

Controle Social dos Recursos Públicos depende da boa transparência dos dados governamentais

Controle Social dos Recursos Públicos depende da boa transparência dos dados governamentais

Controle Social dos recursos públicos é a função exercida pela sociedade com o objetivo de monitorar, analisar e provocar as instâncias da Administração Pública responsáveis pela gestão das receitas e despesas públicas. A Constituição Federal de 1988, art. 31, §3º, preceitua que as contas dos municípios ficarão à disposição de qualquer contribuinte, durante sessenta dias, anualmente, para exame e apreciação, o qual poderá questionar-lhes a legitimidade, nos termos da lei. Na era da revolução da tecnologia da informação e comunicação (TIC), tendo a rede mundial Continue lendo

Curso Exame de Suficiência: Videoaulas 2015.1 a 2018.1

Curso Exame de Suficiência: Videoaulas 2015.1 a 2018.1

Exame de Suficiência 2018.1 Questão 01: Despesas Pagas Antecipadamente Questão 02: Situação Patrimonial Questão 03: Lançamentos Contábeis c/ Venda de Mercadorias Exame de Suficiência 2017.2 Questão 02: Balanço Patrimonial Questão 04: Patrimônio Líquido e Capital Social Questão 05: Capital Social Questão 00: NBC TA 705 – Modificação na Opinião do Auditor Independente Questão 00: Contabilidade de Custos (Custeio) Questão 00: Estratégia de Estudo para o Exame de Suficiência Assine o Curso completo para o Exame de Suficiência + 500 Videoaulas Questões Resolvidas desde o Exame Continue lendo